C a r r e g a n d o . . .

10/01/2024

[Série Climate Solutions Lab] Inovação, capacitação e mudança climática: a história de Philippa Hamakasu

Conheça Philippa Hamakasu, uma jovem inspiradora do centro da Zâmbia. Philippa é Diretora Sênior de Desenvolvimento de Economia Verde, responsável pelas propostas de projetos no Ministério de Economia Verde e Meio Ambiente da Zâmbia. Ela é especialista em mudanças climáticas, profissional de gestão ambiental e defensora apaixonada da resiliência climática e do desenvolvimento de baixa emissão  de carbono. Philippa tem o compromisso de encontrar soluções sustentáveis para os desafios que as pessoas, o planeta e as economias enfrentam. Com base em mais de sete anos de experiência, Philippa representa o espírito da mudança.

Foto ao lado com produtores rurais: Um dia inspirador compartilhando conhecimentos sobre mudanças climáticas com agricultores rurais, no contexto da implementação do projeto Viabilidade do Mercado de Carbono para Pequenos Produtores nos Setores Florestal e Agrícola.

Ela é proficiente em formulação e análise de políticas, financiamento climático, modelagem climática, pesquisa, propostas de projetos e suporte técnico. Philippa tem experiência em formulação de políticas e estratégias nacionais de mudança climática e ambiental e no desenvolvimento e implementação de planos de adaptação e mitigação, além de ter experiência em tópicos do Acordo de Paris, incluindo documentação e comunicação de riscos e impactos climáticos, e em requisitos de investimento para mitigação e adaptação às mudanças climáticas. Ela tem expertise na preparação de propostas e documentos de projetos para aprimorar a ação climática, além de fornecer conhecimento técnico e suporte para o cálculo de emissões brutas e líquidas de gases de efeito estufa (GEE) e reduções de emissões relacionadas a projetos, bem como para o desenvolvimento de sistemas de monitoramento, relatório e verificação (MRV) de emissões de GEE.

Philippa estava entre os especialistas que desenvolveram e prepararam os position papers africanos sobre Agricultura, Gênero, ACE e Medidas de Resposta em preparação para as sessões do SB58 realizadas em Bonn, Alemanha, em junho de 2023, e para a COP 28.

Ela também é apaixonada pela liderança dos jovens e a considera crucial para enfrentar o desafio urgente e complexo da mudança climática, já que os líderes jovens trazem novas perspectivas, ideias inovadoras e um senso de urgência para o movimento climático, além de serem fundamentais para promover a conscientização e o envolvimento do público com as questões da mudança climática.

Philippa acredita firmemente que a formação de redes, a participação em mentorias e a elaboração de provas de conceito robustas são marcos importantes no caminho para uma ação climática significativa. Sua jornada no Solutions Lab reforçou sua crença na importância da adaptabilidade, da resiliência e de um espírito de colaboração que valoriza o trabalho em equipe em detrimento da concorrência. Também lhe deu a oportunidade de cultivar suas habilidades de gerenciamento de tempo e dominar a arte do discurso persuasivo. Reconhecendo que a arena da mudança climática e da sustentabilidade permanece em um estado constante de fluxo, ela é uma ardente defensora da educação contínua.

Sua experiência no Climate Solutions Lab da iniciativa Impulsouth: Philippa fez parte de um grupo dedicado a definir o financiamento verde para a biodiversidade e a adaptação às mudanças climáticas. A sessão de uma semana concentrou-se em laboratórios profissionais e em como esses espaços podem ser estabelecidos para auxiliar pequenas e médias empresas (PMEs) e para lançar projetos.

Por meio de dedicação e esforços inabaláveis, Philippa fez avanços significativos na batalha contra as mudanças climáticas.Seu projeto se concentra na avaliação da viabilidade dos mercados de carbono para pequenos agricultores e silvicultores no distrito de Katete, na Zâmbia. Esse projeto visa não apenas preencher uma lacuna crítica de conhecimento, mas também estimular diálogos cruciais entre os agricultores rurais que até então não estavam familiarizados com o conceito de mercados de carbono. Ele representa uma etapa fundamental para promover reduções de emissões econômicas, conservar a biodiversidade e aliviar a pobreza.

A história de Philippa serve como um lembrete de que os jovens líderes têm o poder de promover mudanças transformadoras. Como ela diz: “Meu impacto vai além de meras palavras, manifestando-se nas mudanças substanciais que facilito para nosso planeta e seus habitantes.”

Resumo da Solução Climática

Viabilidade do Mercado de Carbono para Pequenos Produtores nos Setores Florestal e Agrícola

Os mercados de carbono são uma das ferramentas que podem ser usadas para lidar com o problema das mudanças climáticas. A criação de mercados para o comércio de carbono deve ser vista como a chave para estimular o desenvolvimento de novas opções de energia “mais limpa” e práticas industriais e corporativas mais amigáveis ao meio ambiente. O principal objetivo do projeto é incentivar os pequenos produtores dos setores de silvicultura e agricultura a participarem dos mercados de carbono, proporcionando, assim, reduções de emissões e, ao mesmo tempo, promovendo a conservação da biodiversidade e a redução da pobreza. O projeto envolverá as comunidades rurais do Distrito de Katete, na Província Oriental da Zâmbia, e usará o feedback delas para moldar projetos futuros baseados no conceito. Essa área foi especialmente selecionada porque a província tem a maior taxa de desmatamento do país e também possui grandes áreas dedicadas a parques nacionais e reservas florestais. A iniciativa foi lançada no último trimestre de 2022 e terá duração de 4 anos.

________________________________________________________________

Artigo produzido pela equipe do projeto Impulsouth e originalmente publicado em inglês em:

Innovation, Empowerment, and Climate Change: Philippa’s Story

________________________________________________________________

Climate Solutions Lab: laboratório de aceleração de projetos de jovens líderes da África e América Central na temática de mudanças climáticas. Conheça mais aqui.